Dicas para ser um bom profissional e se destacar no mercado de beleza


Para ser cabeleireiro é preciso muita técnica, conhecimento, jogo de cintura, bom humor, simpática e uma dedicação sem tamanho. Para quem está começando na área e ainda não se sente 100% seguro, Vânia Schmitt, Hair Stylist e Make Up Artistic do Crazy Hair Saloon Morumbi, separou algumas dicas de carreira. Confira abaixo:

  • Conheça-se: quem conhece a si mesmo, tanto as qualidades, quanto os defeitos, sabe usar melhor sua personalidade para conseguir o que quer e atender aos outros. Conheça suas qualidades e as use, valorizando sempre. Domine os seus defeitos, saiba como lidar com eles. Não adianta, antes de ser um excelente profissional, você precisa ser uma excelente pessoa.
  • Aprenda a ser humilde: muitos profissionais com talento acabam saindo do mercado por acharem que já sabem tudo e, consequentemente, cometem erros. Escute os outros, aprenda, estude bastante, pesquise, troque experiências, dedique-se sempre em se atualizar não só sobre sua profissão, mas também sobre o que ocorre no mundo.
  • Trate muito bem as pessoas: isso obviamente vale para os clientes que devem ser muito bem tratados, respeitados, cortejados. Mas também para outras pessoas que podem ser potenciais clientes. Enfim, trate bem clientes e seus acompanhantes ou famílias.
  • Escolha bons cursos para fazer: não procure apenas pelo diploma ou certificado provando que você completou o curso. Escolha cursos que realmente ofereçam novidades e exijam de você. Informe-se sobre como serão as aulas teóricas e práticas, se falarão de lançamentos do mercado de sua área e se existem alunos que fizeram o curso e estão se dando bem no mercado.
  • Pratique: pratique muito. Não importa quem seja, trabalhe cabelos sempre que puder, pois é assim que você pegará o jeito, terá intimidade para se arriscar, saberá lidar com os mais diferentes casos. Vale chamar os parentes, vizinhos, sua comunidade, qualquer um. Todo mundo vai gostar de ter um cabeleireiro à disposição mesmo que esteja fazendo o papel de modelo.
  • Seja sério: não importa a situação, seja sempre muito profissional, respeitando sua profissão de cabeleireiro, tendo postura, agindo com seriedade e compromisso com todos os clientes. Cuidado com o que diz, quem cita e até mesmo ao falar sobre suas opiniões.
  • Aprenda a ser um psicólogo: todo cabeleireiro acaba se transformando em psicólogo. Mas entenda: seu papel não é analisar o cliente, apenas ouça. Muitas vezes é isso que as pessoas precisam, de alguém que as ouça. Não fale sobre assuntos polêmicos, não entre em conflito. Tudo o que você disser deve ser dito com otimismo, para levantar o astral do cliente. Seja positivo, transmita energia e o cliente sempre vai querer voltar por sua alegria. Mas lembre-se sempre: o sigilo sobre o que o cliente falou é total e absoluto.
  • Seja um empresário: não importa se você já tem o seu próprio salão ou está apenas começando na profissão, pense sempre como um empresário. Você é sua empresa e por isso precisa pensar no marketing, na publicidade, na execução, na qualidade, em novos investimentos. Pense em todos os setores, inclusive o financeiro, para administrar você mesmo como profissional.
  • Seja perfeccionista: sim, isso fará você melhorar sempre. Observe em que ponto está errando e descubra como melhorar nisso. Cobre resultados e crescimento de você mesmo e da equipe se for o caso. Sempre determine objetivos e metas, como a prospecção de clientes e cotas de vendas.
  • Seja profissional: Ser profissional é trabalhar com ética, com vontade e, sobretudo, com excelência. Faça de seu salão um local de excelência, com os melhores resultados. Assim, você conquistará colaboradores e clientes.
  • Visual: Use roupas adequadas, com cores neutras e mais para frias. Evite decotes, peças muito justas e roupas curtas, sinta-se linda e transpire beleza.
  • Fale corretamente: Faça aulas se for preciso. Use um tom de voz agradável e jamais fale palavrão.
  • Saiba liderar: Liderar é desenvolver a visão do que é possível realizar e ser capaz de inspirar outras pessoas.
  • Arrumação: Mantenha seu salão (ou o salão onde trabalha) sempre arrumado e limpo. Torne o local aconchegante, onde as pessoas desejem estar. 
  • Segurança: Fale sobre seus serviços com propriedade e segurança. Use os trabalhos anteriores como referência para as suas clientes.
  • Espaço reservado: Atenda parceiros e vendedores em um ambiente onde atendem os clientes, ou reserve um espaço somente para isso.
  • Celular: Não atenda o celular enquanto atende seu cliente. Seu cliente precisa saber que aquele momento você está dedicada para ele, afinal ele está pagando por isso. Dê sempre sua atenção total ao cliente que está atendendo.
  • Respeite e entende o seu espaço: Não tente atender mais clientes do que o salão comporta.
  • Marketing buzz: Um cliente satisfeito e feliz fará o melhor marketing do seu trabalho: o boca a boca.
  • Lembre-se: o mais importante na nossa profissão e fazer com que o cliente saia feliz e se sentindo com a autoestima elevada.

Fonte: Vânia Schmitt, Hair Stylist e Make Up Artistic do Crazy Hair Saloon Morumbi